Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Parabéns Avaí, 91 anos de raça e glória!

01 de setembro de 2014 0

avai-91-anos-copy

Selfie com o goleiro do Vasco

31 de agosto de 2014 0

selfie vasco

Avaí 5-0! #Líder #VamosSubirLeão

30 de agosto de 2014 0

Confira a arbitragem para Avaí x Santa Cruz

22 de agosto de 2014 0


Árbitro:
 Ricardo Marques Ribeiro – MG (FIFA)
Assistente nº1: Marconi Helbert Vieira – MG (CBF-1)
Assistente nº2: Frederico Soares Vilarinho – MG (CBF-1)
4º Árbitro: Rodrigo D Alonso Ferreira – SC (CBF-1)

Aos trancos e barrancos e é claro, na raça, já estamos a 1 ponto da liderança

20 de agosto de 2014 0

O resultado pode até não representar o futebol apresentado na partida de ontem, e de fato não representa, o primeiro tempo foi de péssima qualidade técnica, mas se faltou técnica no primeiro tempo, não faltou raça, vontade e determinação para o Leão da Ilha no segundo tempo e a vitória veio da melhor maneira possível, daquele jeito que só o Avaí sabe fazer, o empate já parecia satisfatório e o 0×0 parecia inevitável, mas nós estamos falando em Avaí e esse Avaí faz coisa.

O leão abriu o placar com um gol do volante artilheiro, Diego Felipe aproveitou o escanteio cobrado por Marquinhos, tomou frente ao goleiro da Lusa e botou botou para o fundo das redes. Não demorou muito para a Portuguesa reagir e conseguir o empate, mas eu já disse “esse Avaí faz coisa” e a equipe paulista não teve nem tempo para comemorar, o narrador ainda falava do gol da Lusa quando Revson acertou uma paulada do meio da rua para marcar um golaço e colocar o Leão em vantagem novamente. O terceiro gol, dessa vez de Roberto foi apenas a coroação para a determinação do Avaí, que fechou o caixão luso e colocou o Leão em uma posição muito mais confortável, dentro do G4.

Aos trancos e barrancos, na onda de Zeca pagodinho, o Leão da Ilha vem comendo pelas beiradas,  superando todas as dificuldades, os salários que vinham atrasando, a falta de atacantes de qualidade, a lateral que não consegue firmar um titular (quando encontrou “o cara” da posição ele sofreu lesão), enfim, com todos os problemas e dificuldades o Avaí já é o terceiro colocado da série B 2014, com 30 pontos, apenas 1 ponto atrás do líder Ceará e do Vice Vasco da Gama.

Mas é bom lembrar bem o que disse Revson ao final da partida de ontem: “Agora é botar os pezinhos no chão e trabalhar porque nós não ganhamos nada ainda”. Se chegamos ao G4 com a falta de atacantes, não podemos deixar de nos preocupar com esse, e até os demais setores, mas as esperanças estão renovadas e sábado o torcedor precisa lotar a Ressacada rumo à liderança.

Vitória, G4 e quebra de jejum

13 de agosto de 2014 0
Reprodução

Reprodução

A noite de ontem foi uma noite de muitas emoções para o torcedor avaiano. A partida que estava marcada para as 21h precisou ser adiada em função de um apagão geral no bairro Carianos, onde está localizada a Ressacada, o apagão teve duração de quase 1h e fez com que a partida fosse iniciada às 21h30min, de uma noite de muita chuva e trovoada.

O adversário era direto e não seria nada fácil, mas vencer também era preciso se o Leão quisesse almejar a série A do Campeonato Brasileiro, pois uma derrota poderia abalar as estruturas do Leão da Ilha. O ataque avaiano vinha de um jejum de quase 900 minutos sem marcar um gol o que pesaria ainda mais para o Leão, mas a o apagão, o atraso do jogo e o jejum avaiano eram apenas um prenuncio para o que viria, pois dizem que depois da tempestade vem a bonança e a noite era do Avaí, porque o Leão da Ilha simplesmente ignorou tudo e passou por cima do América-MG, vencendo a partida por 2×0, com o segundo gol sendo marcado por um atacante, Willen foi o nome que deu fim ao jejum do ataque avaiano e colocou o Leão  no G4, podendo ser passado apenas pelo Joinville, caso o JEC vença na rodada.

Avaí x América-MG

12 de agosto de 2014 0

Depois de empatar em 0×0 com o Oeste, no estado paulista, o leão da Ilha volta aos gramados nesta terça diante do América-MG. Será mais uma pedreira, mais uma partida difícil, já que o clube mineiro é o terceiro colocado e está na briga pela acesso, aliás,  está na briga pela liderança, com dois pontos a mais que o Avaí.

Se por um lado o América é um forte adversário, o clube mineiro também não vem desempenhando o seu papel fora de casa e já está a cinco partidas sem vencer fora. O Avaí que possui alguns desfalques, seja por lesão ou por suspensão automática pelo recebimento do terceiro cartão amarelo, precisa se apegar ao fato de que vem crescendo no campeonato desde a chegada de Geninho, que está muito próximo do segundo colocado e que jogará ao lado do torcedor avaiano.

O ataque avaiano ainda está devendo muito ao torcedor, mas com o apoio do meio campo e a boa fase da defesa, que já é uma das menos vazadas da competição, as chances são boas, falta apenas acertar o pé e principalmente chutar em gol.

Avaí é garfado pela arbitragem em plena Ressacada e sai do G4

02 de agosto de 2014 0

Primeiramente é bom deixar claro que o Avaí apresentou a mesma ineficiência no ataque, pecando muito mas finalizações, ainda que Willen tenha jogado melhor que Paulo Sérgio vinha jogando (o que não é lá muito difícil). Os dois gols que o Avaí sofreu foi resultado de duas falhas que a zaga avaiana não poderia ter cometido.

Ainda que o Avaí precise consertar esses erros, a equipe azurra fez uma boa partida, jogou com vontade e teve várias oportunidades, algumas inclusive que o goleiro da equipe mato-grossense salvou.

Mesmo assim o pior de tudo não foram as duas falhas da defesa avaiana e sim as várias falhas cometidas pela fraca arbitragem do trio cearense, comandado pelo árbitro Francisco de Assis. O cearense se mostrou totalmente despreparado para apitar uma partida de futebol, marcando falta e dando carta amarelo em jogadas semelhantes a outras que se quer ele assinalou falta. O ápice da falta de preparo ocorreu no último lance da partida, quando o atacante avaiano foi claramente empurrado dentro da área, quando ia em direção ao gol, que estava livre, e o árbitro não assinalou a penalidade máxima, terminando a partida com vitória da Luverdense por 2×1 é o Avaí fora do G4. Até quando a arbitragem vai continuar decidindo partidas? Está na hora de dar uma basta nisso!

Obs: Acho que a minha pergunta quanto ao fato de o árbitro sorteado pela partida ter que atravessar o Brasil para apitar a partida, com tantos árbitros pela região sul e sudeste, foi respondida. Sem mais!

Avaí x Luverdense

01 de agosto de 2014 0

É dia de casa cheia, dia de fazer a Ressacada voltar a ser um caldeirão, botar a equipe para frente e pressionar o adversário, pois com a melhor campanha desde o término da Copa do Mundo, o Leão da Ilha recebe a Luverdense. A equipe mato grossense ocupa  a sexta colocação, na cola do Leão e não medirá esforços para sair vitorioso da Ressacada, ma o Avaí tem tudo para vencer a partida e para isso o apoio do torcedor avaiano é importantíssimo.

Marquinhos, que vinha de lesão, voltou a treinar e foi confirmado na equipe que começará a partida nesta sexta, outro que também vinha de lesão e se recuperou é Anderson Lopes, o atacante é o mais cotado para a posição que pode ainda contar com Paulo Sérgio, Willen ou Roberto. Oremos que jogue Willen, porque Paulo Sérgio jogou bem em apenas duas partidas desde que chegou ao Leão e na partida contra o Palmeiras, pela Copa do Brasil, o atacante reclamão perdeu boas oportunidades, uma na entrada da pequena área. Roberto, na minha opinião joga mais que Paulo Sérgio, mas pouco fez desde a sua volta e rende muito mais quando entra no segundo tempo para botar o adversário para correr.

Independente da equipe que entrar em campo o torcedor avaiano irá apoiar, e agora com os salários em dia não tem erro, se algum jogador poderia fazer corpo mole não terá mais motivos para tal, é jogar ou jogar.

VAI PRA CIMA DELES LEÃO!!!

Confira a arbitragem para Avaí x Luverdense

31 de julho de 2014 0


Árbitro:
Francisco de Assis Almeida Filho
Assistente nº1: Marcos da Silva Brigido
Assistente nº2: Arnaldo Rodrigues de Souza

Obs: Uma pergunta que não quer calar, pra que trazer um trio de arbitragem do Ceará, com tantos árbitros muito mais próximos?